Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

BERTRAND SAKY TCHÉBÉ – “NO STRESS, HAPPYNESS, PEACE AND LOVE”: OS PRINCÍPIOS BÁSICOS DA DIDÁTICA DO CORAÇÃO E A DANÇA GBE-GBE

Imagem
Saky como chamamos aqui é um artista transdisciplinar, canta, dança, toca percussão, compõe canções, entre outras habilidades.  Ele dançou com o Balé Nacional da Costa do Marfim desde 1993, também foi membro da Cia Afrika Bikonda, dirigida pelo mestre camaronês Jean-Jacques Yén dito Nilomkop Dikoaà em 1996. Foi coreógrafo da Cia Étincelles em 1997 , e após se tornou membro da companhia “ ler Temps” de Andrea Ouamba (premiado nos Encontros Coroegráficos de Paris) em 2003 e 2004. Saky aprofundou seus conhecimentos sobre as Danças contemporâneas e tradicionais  africanas e ocidentais na Ècole de Sables em Toubab Dialaw. E desde 2004 ele é membro da Cia. Jant-Bi de Germaine Acogny. Em 2011 se formou professor de danças pelo CND (Centro Nacional de Danças de Paris), e desde então vive e trabalha em Dakar ministrando aulas na Ècole de Sables, dançando na Cia Jant-Bi e dirigindo sua própria Cia. Syncrho.

Tem uma didática que se baseia em 4 princípios  “No Stress, Happyness, Peace and Love”…

ENGAJAMENTO, ÉTICA E A OBJETIFICAÇÃO DA AFRICANIDADE

Imagem
Para Luciano Lubanzadyo e Carla Lopes





“Enquanto vocês continuarem me diferenciando pela minha cor, eu vou continuar afirmando a minha diferença.”
(Patrick Acogny)
O lugar onde estou (Toubab Dialaw) é região praieira, estou a 5 minutos do mar em  caminhada leve. Vou caminhar na praia quase todos os dias pela manhã, e todos os dias as bordas do mar estão infestadas de lixos que foram jogados no mar, peixinhos mortos e etc... A convivência com o mar e as conversas com as pessoas me fizeram chegar à seguinte reflexão: “o mar não fica com nada que não seja dele, nem com o que já não serve mais. O mar se limpa todas as manhãs de tudo o que está morto e de tudo o que contamina.”
Tivemos uma aula de Criação em Dança Negra Contemporânea com Patrick Acogny que me fez refletir muito sobre várias questões, em realidade foram provocações mesmo. Ele nos deu 3 textos como ponto de partida para criação: o surgimento dos concursos de Mis e Mister e sua influência na determinação do padrão de beleza; outro…

CHEGAR - A EXPERIÊNCIA E O TEMPO DA EXPERIÊNCIA

Imagem
A chegada aqui foi silenciosa... era alta madrugada...
Fui muito bem acolhida, numa terra muito bonita e forte... Depois de 4h de sono eu já estava de pé, pronta para fazer as aulas...
São aulas diferentes, pela manhã Acogny Technique, e a dança Gbe Gbe da Costa do Marfim, e á tarde aulas de Criação em Dança Negra Contemporânea e compartilhamentos de Danças Tradicionais dos diferentes países de onde vieram as pessoas que estão aqui nesse momento... A jornada é diária, inicia as 9h da manhã e termina as 20h...
As aulas entre si são muito diferentes, mas tem em comum uma pedagogia que privilegia a alegria, o prazer em fazer e o tempo para aprender...
A noção de resistência é construída fisicamente, uma vez que as aulas são muito intensas e exigem do corpo muito folego, muita força vital, no entanto, é a resistência através da alegria e do prazer em ser... A construção dessa resistência e coletiva, e através de “gritos de guerra” e divertidos lemas de trabalho, ganhamos força para resistir j…